quarta-feira, 26 de maio de 2010

Para reflectir


"Sofremos demasiado pelo pouco que nos falta e alegramo-nos pouco pelo muito que temos..."


W. Shakespeare

3 comentários:

  1. Pois, é verdade! Infelizmente por vezes da-mos pouca importãncia ao que temos...

    :) um abraço

    ResponderEliminar
  2. lembro-me de ter lido em tempos um comentário de um cirurgião em que dizia que quando as pessoas ficam com paralisias, qualquer melhoria, nem que seja conseguir mexer um dedo, é motivo de tanta felicidade e celebraçao por parte de toda a familia... e que quando as pessoas têm um corpo com imensas funçoes excelentes não valorizam aquilo que têm
    ja para não falar daquilo que temos na vida, que não é reconhecido...

    na prática mariazinha, acho que vivemos com pouca atenção... e temos muito para aprender...

    obrigada pela partilha...

    ResponderEliminar