segunda-feira, 22 de junho de 2009

Consuma conscientemente!

video

Falando hoje sobre o consumo de alimentos, infelizmente muitas pessoas ainda consomem com "síndrome de escassez". Com isso quero dizer que consomem como se a alimentação se fosse acabar.

A quantidade de alimentos de que o nosso corpo físico necessita, é pequena. Muitas pessoas "empanturram-se" de comida, da mesma forma que acumulam biblôs lá por casa, etc... vivem com síndrome de acumulação, como se necessitassem de ter muitas coisas em sua posse...

Existem ainda pessoas que obrigatoriamente têm que comer tudo aquilo que lhes colocam á frente, no prato ou na mesa, independentemente do facto de sentirem ou não, fome ou necessidade desses alimentos. Mas vivem com uma postura, de que têm que "açabarcar" tudo o que está á sua frente, não podem deixar nada no prato...

Qualquer destas atitudes são estados de desiquilibrio e devem ser corrigidos... porque no geral vão ter consequências na saúde e bem estar do ser humano, alem das consequências nos recursos do planeta.

Enquanto se consumir assim, os alimentos produzidos naturalmente (ao ritmo da natureza), serão insuficientes, fomentando a agricultura, piscicultura e outras culturas forçadas, industrializadas...

Nós podemos comer com naturalidade. Os alimentos não vão acabar... a era da escassez de alimentos já passou, há algumas gerações atrás... é hora de relaxar e comer somente aquilo que realmente necessitamos...

O acto da alimentação é um ritual de delicadeza, de aceitação dos alimentos que a Terra nos está a fornecer.

Sugiro também que evitem dar ás crianças alimentos como forma de compensação.

Sem comentários:

Enviar um comentário